Túnel Verde – Tavares – Dia 18

Acordei e fui para o café da manhã do Hotel Parque da Lagoa em Tavares/RS. Bem servido, com frutas, bolos, uns pães, e uns frios. Antes de voltar ao quarto passei na recepção para pagar a estadia. Não era mais a recepcionista do dia anterior quem estava lá, e sim um rapaz que tive a CLICK PARA LER TUDO … »

Rio Grande – Tavares – Dia 17 parte 2

Após ter passado pela fantástica Reserva Ecológica do Taim, continuei meu rumo indo para Rio Grande, pela RS-471. Minha intenção era descobrir onde poderia pegar a tal barca que se usa para atravessar a Lagoa dos Patos, do Rio Grande até a pequena São José do Norte. Tinha lido brevemente sobre essa possibilidade, pesquisando na CLICK PARA LER TUDO … »

Reserva do Taim – Chuí – Dia 17 parte 1

Acordei de novo no Terrazas de Aguas Dulces, e desci para o café da manhã. Encontrei o Sr. Miguel, o proprietário, e perguntei se poderia lhe pagar a segunda diária no cartão de crédito. Podia, ele pegou a máquina, mas viu que estava sem bobina e disse que não conseguiria fazer a operação. Eu não CLICK PARA LER TUDO … »

Fortaleza Santa Teresa – Dia 16 parte 2

Saindo do Parque Cabo Polonio, voltei pela Ruta 10, e chegando na entrada para Aguas Dulces voltei à cidade. Meu próximo objetivo seria conhecer a Fortaleza Santa Teresa. Antes de ir até o hotel, passei pela rua dos mercadinhos, queria comprar cerveja para deixar na geladeira. Esperava comemorar a derradeira noite dessa viagem de moto CLICK PARA LER TUDO … »

Cabo Polonio – Dia 16 parte 1

Acordei cedo, me arrumei rápido, desci para o modestíssimo café da manha do Terrazas de Aguas Dulces. Uma moça que estava na pequena área de lanches me deu uma cestinha com dois pequenos pães e um potinho de manteiga. E uma xícara de café. Só. Após o banquete peguei minha mochila com a câmera fotográfica CLICK PARA LER TUDO … »

Punta del Este – Aguas Dulces – Dia 15

Dia de ir embora de Montevidéu. Acordei e fui cedo para o café da manhã do hostel. Bem básico, só pão e manteiga ou coalhada, umas besteirinhas. Poderiam melhorar isso, afinal são 40 dólares de diária. A esta altura eu percebi que já estava um pouco de saco cheio para conhecer lugares novos. Já tinha CLICK PARA LER TUDO … »

Montevidéu – Uruguai – Dia 14

Ainda em Montevidéu, hospedado no Punto Berro Hostel, acordei com uma leve ressaca. Um banho para despertar, e desci para o café da manhã. Não havia ninguém mais, e pude aproveitar sozinho a mesa montada. No cardápio nada demais, o básico do básico, mas estava bom. Pouco depois chegou um casal bem jovem. Ficamos conversando, CLICK PARA LER TUDO … »